SAC: empresas afirmam que priorizam o atendimento

Marcelo Moreira

02 de janeiro de 2012 | 16h26

Luciele Velluto

As empresas que apareceram na pesquisa realizada pelo Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor (DPDC) da Secretaria de Direito Econômico (Sindec) afirma que o atendimento está entre as suas prioridades de investimento.

Entre as empresas operadoras de telefonia móvel, a TIM afirma que irá analisar a pesquisa apresentada pelo órgão e que, somente este ano, a companhia já reduziu cerca de 10% do volume de reclamações entrantes nos Procons.

A Vivo diz que vem se esforçando pela melhoria de qualidade e aprimoramento constante de processos internos para oferecer ao cliente o melhor atendimento e que tem apresentado bons resultados junto a Anatel. Já a Claro explica que comprometeu-se proativamente junto ao DPDC e já registrou melhorias.

Entre as fixas, a Telefônica diz trabalhar constantemente para aprimorar a qualidade do atendimento a seus clientes no Estado de São Paulo.

Quanto às empresas de TV por assinatura, elas usam o índice de Anatel como medida para atendimento. A NET esclarece que investe constantemente na melhoria de seus canais de atendimento ao cliente, por meio da qualificação de seus colaboradores e do uso de tecnologia e infraestrutura adequadas.

A SKY considera o atendimento ao cliente um dos principais pilares do seu negócio e segue 100% as normas do código de defesa do consumidor. Já a TVA informa primar pela qualidade dos SACs.