Remédios: preço varia até 2.766%

Marcelo Moreira

31 Maio 2012 | 16h01

A diferença média do preço de remédios genéricos e de referência é de 52%, mas pode chegar a até 2.766%. A conclusão é da pesquisa realizada pelo Procon-SP em farmácias e drogarias da capital e do interior. Em um estabelecimento de São Paulo, o medicamento genérico Diclofenaco Sódico (50 mg, 20 comprimidos) foi encontrado por R$ 0,90, enquanto em outra farmácia, o Voltaren (forma de referência do mesmo item) foi encontrado por R$ 24,90 – diferença de 2.766%.

“O consumidor deve consultar a lista de preços máximos dos medicamentos, disponível no site da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (www.anvisa.gov.br)”, diz Valéria Garcia, diretora de Estudos e Pesquisas do Procon-SP. A pesquisa completa está no site do Procon (www.procon.sp.gov.br).

Mais conteúdo sobre:

medicamentosProconreméios