Quando o banco atrapalha a sua vida

Uma simples operação bancária, uma transferência de dinheiro de uma conta corrente do Bradesco para a conta corrente de outra pessoa, em outro banco, vira uma pequena novela enervante e sem esforço para que o problema seja solucionado.

Marcelo Moreira

15 de junho de 2010 | 19h02

Marcelo Moreira

Uma simples transferência bancária pela internet, para uma pessoa qualquer, com conta em outro banco. Simples assim. Mas o banco faz questão de atrapalhar a sua vida.

Primeiro internet banking do Bradesco espera que todo cadastro de transferência seja preenchido para depois informar que a operação depende de uma autorização do gerente ou do tal Fone Fácil, o que é um absurdo. Muito obrigado por avisar quando na hora em que abri a conta…

Aí você entra no Fone Fácil do Bradesco e fica 24 minutos esperando que alguém atenda e depois resolva a questão para então uma incompetente, ao “checar” os dados e verificar que há “divergência” ao informar o número do RG. Detalhe: não há divergência nenhuma, já que usei o serviço recentemente, com o mesmo mau atendimento de sempre.

Aí aparece uma “supervisora”, mais incompetente ainda, que só é capaz de de recitar uma frase decorada de que meu Fone Fácil está bloqueado e que só a agência bancária poderá resolver no próximo dia útil.

Então é esse o atendimento que o Bradesco dispensa aos seus clientes? Será que o banco é incapaz de implantar um sistema que funcione e não atrapalhe a vida do cliente? Ou será que isso ocorre porque o banco é tão vulnerável assim a fraudes?

Esse problema será comunicado devidamente a alguma instância do banco, embora duvide que algo seja feito. E farei o possível para usar o menos possível os serviços do Bradesco.

Não encontrei ninguém da assessoria de imprensa do banco nesta noite, após tentar e não conseguir usar os serviços de internet do banco. Afinal, o Brasil jogou à tarde pela Copa do Mundo. Asim sendo, a assessoria pode responder quando quiser e puder a respeito desse problema – se é que é o caso de haver algum tipo de resposta.

Tudo o que sabemos sobre:

Bradescoreclamação

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: