Promoções de linha branca passam por investigação em SP

Marcelo Moreira

08 de dezembro de 2011 | 16h32

O Procon-SP vai investigar lojas que estão lançando promoções para vender eletrodomésticos depois da redução do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados), anunciado pelo governo na última quinta-feira. Segundo o Procon, as lojas podem estar “maquiando os descontos” e induzindo o consumidor ao erro.

A fiscalização vai ser maior na publicidade, já que descontos em produtos como geladeiras, tanquinhos, fogões e máquinas de lavar roupa não estão sendo anunciados de maneira clara ao consumidor.

De acordo com o artigo 36 do Código de Defesa do Consumidor, a publicidade deve ser veiculada de tal forma que o consumidor, fácil e imediatamente, a identifique como tal. O nome das empresas que serão fiscalizadas não foram divulgadas.

Tudo o que sabemos sobre:

IPIProcon

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.