Plano de saúde é condenado por negar atendimento a cliente

Marcelo Moreira

27 de agosto de 2009 | 21h36

O Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJ-SC) condenou a Unimed Litoral Cooperativa de Trabalho Médico a indenizar um cliente portador de doença cardíaca que teve procedimentos médicos urgentes negados. Ele receberá R$ 15 mil por danos morais. Além disso, a empresa deverá pagar R$ 12 mil por danos materiais.

Tendências: