Plano de saúde é condenado por não fornecer remédio para tratamento de quimioterapia

Marcelo Moreira

18 de janeiro de 2010 | 19h00

A 1ª Câmara de Direito Civil do Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJ-SC), em sua primeira sessão de 2010, condenou a Unimed de Florianópolis ao pagamento de R$ 15 mil de indenização por danos morais a uma cliente. O motivo é o não fornecimento pelo convênio de um medicamento auxiliar no tratamento quimioterápico.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.