Planeje bem móveis sob medida

Marcelo Moreira

03 de setembro de 2009 | 21h42

ELENI TRINDADE – JORNAL DA TARDE

Conferir item por item e acompanhar passo a passo a montagem. Essas são as duas regras imprescindíveis quando se compra móveis sob medida. Ao fazer a busca pelos melhores produtos, o consumidor deve tomar uma série de cuidados para que o projeto seja executado como esperado.

“Normalmente, esse é um serviço que apresenta certa frequência de atrasos na entrega e montagem, por isso é necessário que as informações sobre os prazos estejam muito claras no contrato”, destaca Marcos Diegues, assessor jurídico do Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec).

“É interessante negociar a maior parte do pagamento para depois da entrega dos móveis, assim o consumidor tem como exigir o cumprimento dos prazo”, aconselha ele. “A loja deve colocar de forma clara no pedido qual material será usado na confecção dos móveis, as condições de pagamento, o valor do frete e da montagem, caso a empresa cobre pelo serviço.”

Outro cuidado necessário é informar ao lojista as medidas do local que vai receber os produtos e, sempre que possível, pedir que a empresa confirme as medidas no local.

Segundo o Procon de São Paulo, ao receber o produto, é preciso verificar se os móveis estão de acordo com o pedido no que se refere a modelo, cor e padrão, conforme escolhido na loja. Todos os detalhes como gavetas, dobradiças, cantos, estrados, acabamento geral da peça e se não há buracos que possam indicar a presença de cupins.

Direitos

Em caso de problemas, recomenda o órgão, o consumidor deve recusar o pedido e anotar o motivo na nota fiscal, solicitando a entrega do produto correto.

O lojista ou fabricante tem prazo de 30 dias para resolver problemas caso o consumidor note defeitos no produto.

Passado esse prazo sem que haja um acordo, o consumidor tem alguns direitos, conforme prevê o Código de Defesa do Consumidor (CDC): troca do item por outro do mesmo tipo, devolução da quantia paga corrigida monetariamente ou ainda um desconto proporcional do valor pago pelos móveis.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.