Pet shop é condenado por morte de cachorro

Marcelo Moreira

23 de janeiro de 2009 | 13h11

Um pet shop de Ijuí (RS) foi condenado a pagar em R$ 900 por danos materiais e em R$ 2 mil por danos morais a dona de um cachorro que morreu após banho e secagem do pelo. A dona diz que ele morreu por hipertermia (alta da temperatura do corpo). Para o juiz, é dever da empresa provar que não deu causa ao fato.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.