Passageira será indenizada por queda no embarque de ônibus

Marcelo Moreira

08 de abril de 2009 | 18h52

A empresa de ônibus Citral Transportes e Turismo S.A. deve indenizar passageira que caiu ao tentar entrar em um ônibus da companhia na cidade de Gramado (RS). A decisão é da 2ª Turma Recursal Cível dos Juizados Especiais do Estado do Rio Grande do Sul.

Conforme a decisão, o motorista do ônibus arrancou no momento do embarque da mulher, derrubando-a e fazendo com que sofresse lesões corporais no joelho esquerdo. A autora do processo receberá R$ 3,5 mil de reparação pelos danos morais.

O relator do recurso da empresa, Juiz Ricardo Torres Hermann, ressaltou que no dia do acidente foram realizados ocorrência policial e boletim de atendimento laboratorial.

A prova documental, afirmou, “confere verossimilhança às alegações da autora quanto à ocorrência do evento”.

Para o magistrado, mesmo sendo a testemunha vinculada à autora, o depoimento da informante, aliada à prova documental, “serve para comprovar a ocorrência do fato originado pelo condutor do coletivo de propriedade da ré”.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.