Panetones têm excesso de gordura

Marcelo Moreira

22 de dezembro de 2008 | 17h27

Pesquisa realizada pelo Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) com panetones e chocotones de diversas marcas encontrou gordura trans – que aumenta os níveis do colesterol ruim (LDL) e reduz o colesterol bom (HDL) – em 39,5% dos produtos analisados. Também identificou marcas com alta quantidade de gorduras saturadas.

O chocotone da marca Roma é o que traz maior quantidade de gordura trans: 2,9 gramas em uma fatia de 80 g.

A quantidade representa 0,9 gramas a mais do que um adulto poderia ingerir em um dia inteiro – a Organização Mundial de Saúde recomenda a ingestão máxima de 2 g por dia.

Já o que tem maior quantidade de gordura saturada – que também é bastante prejudicial ao coração – é o panetone com gotas e recheio de chocolate Alpino, da Nestlé: 12 g, em uma porção de 80g. Considerando a indicação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para o consumo diário de no máximo 22 g dessa gordura, se uma pessoa comer duas fatias de 80 gramas cada, já estaria ultrapassando a recomendação.

A Nestlé informou que o recheio de chocolate acentua os níveis de gordura saturada e sugere (no rótulo) que o Panetone Alpino seja compartilhado para que o consumo ocorra de forma saudável e equilibrada. A fabricante do chocotone Roma não foi encontrada para comentar a pesquisa.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.