Operadora é condenada a restituir valores cobrados indevidamente

Marcelo Moreira

30 de março de 2009 | 18h47

A Brasil Telecom terá de restituir cerca de R$ 11 mil a uma cliente por ter cobrado valores exagerados no plano de pulsos contratado. A decisão é da 1ª Vara Cível de Brasília. Para o juiz, a consumidora deve ser ressarcida do que foi cobrados indevidamente,pois o fornecedor tem de abster-se de cobrar em caso de dúvida.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.