Opção além do BO para quem teve o celular roubado ou furtado

Marcelo Moreira

28 de abril de 2010 | 19h36

  Os usuários da telefonia celular que tiverem seus aparelhos roubados, furtados, perdidos ou extraviados e que não fizerem boletim de ocorrência (BO) poderão agora substituí-lo por um termo de responsabilidade assinado nas lojas das prestadoras.

O BO era um dos documentos obrigatórios para manter o bloqueio permanente no Cadastro de Estações Móveis Impedidas (Cemi). A modificação teve a finalidade de facilitar o bloqueio dos aparelhos daqueles consumidores que tenham dificuldade na obtenção do BO junto às delegacias de polícia.

Agora, para manter o bloqueio permanente de um celular roubado, o usuário precisa apenas encaminhar o BO à operadora de telefonia (por fax ou e-mail) ou ir a uma loja da operadora e assinar o termo de responsabilidade em até 48 horas.

Tudo o que sabemos sobre:

celular

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.