Negativa de tratamento por convênio rende indenização

Marcelo Moreira

30 de julho de 2011 | 16h44

A Unimed foi obrigada a pagar R$ 6 mil de indenização à família de uma conveniada que teve tratamento negado e morreu. Internada na Unidade de Terapia Intensiva, a pessoa sofria de insuficiência renal aguda e precisava de sessões de hemodiálise. Só duas sessões foram autorizadas, pois o tratamento não fazia parte do plano.

Tudo o que sabemos sobre:

indenizaçãoUnimed

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.