Negativa de tratamento rende indenização

Marcelo Moreira

29 de março de 2012 | 16h05

O Tribunal de Justiça do Ceará condenou a Unimed Fortaleza a indenizar em R$ 10 mil um aposentado que teve cirurgia negada. O paciente descobriu que diversas artérias de sua perna estavam sem fluxo sanguíneo. Porém, o convênio negou tratamento alegando que o contrato exclui a cobertura de materiais importados.

Tudo o que sabemos sobre:

indenizaçãoUnimed

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.