Mattel anuncia recall de 3.500 brinquedos no País

Marcelo Moreira

07 de agosto de 2008 | 17h09


O conjunto Panelas e Potes (FOTO: DIVULGAÇÃO)

A Mattel anunciou nesta quinta-feira, 7 de agosto, um recall mundial de 41 mil unidades do conjunto Panelas e Potes da linha Aprender e Brincar (Laugh & Learn) de sua marca Fisher-Price, vendidos entre outubro de 2007 e agosto de 2008. No Brasil, 3.534 peças podem apresentar problemas.

O conjunto Panelas e Potes é um brinquedo de empilhar e encaixar potes e panelas, com bloquinhos de formas e uma tampa. O produto, movido à pilha, emite sons e luzes e é voltado para crianças de 6 a 36 meses.

A empresa detectou que em algumas unidades, a panela azul que integra o conjunto está sem os parafusos que fixam o fundo plástico transparente. Sem esses parafusos, este fundo pode se soltar e liberar pequenas bolinhas que podem oferecer risco de asfixia, se aspiradas ou ingeridas.

De acordo com a Mattel, não houve relato de acidentes referentes ao problema. A empresa informou que entrará em contato com a rede de lojistas e distribuidores para recolher os produtos que ainda estejam em estoque. Além disso, serão veiculados anúncios em jornais, rádio e TV.

Para a identificação do problema, o consumidor deve verificar se a panela azul, que tem as bolinhas coloridas no fundo, apresenta seis parafusos de fixação.

Se não, o consumidor deve retirar o produto do alcance das crianças e entrar em contato com a empresa para as providências necessárias para troca ou reembolso.

A Mattel colocou à disposição o telefone 0800 77 01207 (disponível de segunda a sexta-feira, das 8h às 20h, e aos sábados e domingos, das 9h às 15h) e o website www.recallmattel.com.br para prestar esclarecimentos aos consumidores.

Os consumidores poderão optar pela troca do produto ou reembolso do valor pago. Para isso, ele deverá enviar o produto para a empresa juntamente com informações sobre sua escolha. A empresa afirmou que a eventual substituição ou reembolso será feito em até 30 dias.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.