Mais uma acusação de fraude contra o Mercado Livre

Marcelo Moreira

11 de dezembro de 2009 | 22h41

De novo um leitor do JT faz uma denúncia de fraude e falta de segurança nos negócios dentro do ambiente de leilões virtuais do site Mercado Livre. Leia o que aconteceu com a leitora Daniele Eckert, de Porto Alegre:

“Fui vítima de fraude ao efetuar uma compra no site do Mercado Livre. O vendedor do item que adquiri foi classificado como seguro pela empresa e até hoje não recebi o produto. No entanto, após denunciar a fraude, o site não retirou o vendedor, que voltou a atuar normalmente com 100% de qualificações positivas. O Mercado Livre oferece uma espécie de seguro para este caso, mas não possui nenhum canal de comunicação eficiente.”

RESPOSTA DO MERCADO LIVRE: Em contato com a sra. Daniele, a informamos sobre os procedimentos adotados neste caso, bem como sobre a mediação que realizou entre as partes a fim de que a negociação em questão fosse finalizada de forma satisfatória. Vale lembrar que manter um ambiente seguro para operações dos seus usuários é nossa prioridade. Estamos à disposição por meio de nosso Portal de Contato – http://www.mercadolivre.com.br/contato_home, para o esclarecimento de quaisquer dúvidas.

COMENTÁRIO DA REDAÇÃO: A consumidora informou que o problema não foi resolvido.

COMENTÁRIO DO ADVOGADO DE DEFESA: Temos repetido que os prejuízos sofridos pelos consumidores em razão de negociações realizadas com o Mercado Livre devem ser devidamente reparados por esta empresa, que tem responsabilidade solidária com fraudadores e estelionatários que causam golpes ao consumidor. Tal solidariedade não resulta da intenção da empresa, mas do fato desta intermediar e promover o espaço e a oportunidade para a negociação, resultando daí a chamada responsabilidade solidária, como já vem decidindo a Justiça

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.