Lojas virtuais: Mercado Livre restitui o dinheiro

Marcelo Moreira

17 de janeiro de 2012 | 12h00

Saulo Luz

A reportagem do JT contatou o Mercado Livre no caso de Rose Mary Paris. A empresa informa que a usuária recebeu a “restituição total do valor pago no dia 29 de dezembro, por meio do Programa de Proteção ao Comprador – programa que garante a segurança do usuário Mercado Livre que realiza seus pagamentos por meio da ferramenta ‘Mercado Pago’”.

A empresa informa também que o perfil do vendedor envolvido no caso foi desabilitado e “que investe continuamente em novas tecnologias e serviços de modo a oferecer a melhor experiência de compra e venda para seus usuários”.

Por meio de nota, o Mercado Livre diz que dispõe de uma “série de ferramentas e processos para garantir a segurança das operações de seus usuários como, por exemplo, o Portal de Segurança (www.mercadolivre.com/portaldeseguranca), que oferece dicas relacionadas à utilização de sistemas de pagamento mais seguros, cuidados para escolha de senhas e orientações gerais para transações na plataforma”. O Mercado Livre é hoje um dos maiores sites de intermediação do País.

O JT também contatou o serviço de atendimento do site HS Eletronics, mas a empresa não respondeu.

Tendências: