Loja é condenada por revista constrangedora na bolsa de cliente

Marcelo Moreira

29 Maio 2010 | 14h44

A loja Luigi Bertolli vai ter de indenizar uma cliente que sofreu constrangimento pelo alarme de segurança ter disparado quando saía da loja. A consumidora alegou constrangimento, pois foi intimada pelo supervisor, de forma grosseira, a abrir sua sacola. A decisão é do Tribunal de Justiça do Distrito Federal (TJ-DF).