Loja de carros é condenada por vender carro que pertencia a outra pessoa

Marcelo Moreira

24 de junho de 2009 | 22h36

Um cliente que comprou carro à vista na Real Veículos vai receber R$ 6.180 de indenização porque o veículo adquirido não pertencia à loja e sim a terceiros. Ele foi avisado do equívoco enquanto comemorava a compra e teve de devolver o veículo. A decisão é do Juizado Especial Cível de Angra dos Reis (RJ).

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.