Limite de conta corrente simplifica é ampliado

O Conselho Monetário Nacional (CMN) ampliou de R$ 1 mil para R$ 2 mil o limite de saldo para as contas simplificadas. Esse limite é a soma dos depósitos que podem ser feitos por mês naquela conta

Marcelo Moreira

23 de junho de 2010 | 00h04

O Conselho Monetário Nacional (CMN) ampliou de R$ 1 mil para R$ 2 mil o limite de saldo para as contas simplificadas. Esse limite é  a soma dos depósitos que podem ser feitos por mês naquela conta. O CMN também ampliou de R$ 3 mil para R$ 5 mil o valor de movimentação bancária que, se superado, permite ao banco bloquear essa conta. As contas simplificadas foram criadas em 2004 para ampliar o acesso da população de baixa renda aos serviços bancários.  Existem 5,7 milhões de contas simplificadas no País.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.