Lei da Entrega continua desprestigiada

A Lei da Entrega está em vigor há bastante tempo no Estado de São Paulo, mas continua sendo desrespeirada. E o pior, por empresas multinacionais e gigantes do varejo, que não cumprem os prazos prometidos aos clientes

Marcelo Moreira

03 Julho 2010 | 19h36

Marcelo Moreira

A Lei da Entrega está em vigor há bastante tempo no Estado de São Paulo, mas continua sendo desrespeirada. E o pior, por empresas multinacionais e gigantes do varejo. Leia os casos abaixo:

“Adquiri  um produto no site do Walmart com promessa de entrega para um dia, mas eu ainda não o recebi. Liguei para reclamar e eles não conseguem me dar uma data de previsão.”

Elaine Ragazon Zanaroli , São Paulo

RESPOSTA DO WALMART.COM:  Walmart.com.br informa que a entrega do produto foi realizada. A empresa lamenta os transtornos causados e ressalta que preza pela excelência no atendimento. Tal manifestação foi de extrema utilidade para a melhoria dos serviços. A Central de Relacionamento está à disposição através do telefone gratuito 0800 705 5050, pelo e-mail walmartevoce@wal-mart.com, de segunda a domingo.

COMENTÁRIO DA REDAÇÃO:  O problema foi solucionado. A empresa entregou a mercadoria e a leitora está satisfeita.

COMENTÁRIO DO ADVOGADO DE DEFESA: Pena que mesmo empresas de prestígio, como o Walmart, descumpram a Lei de Entrega, que obriga a pontualidade e a especificação do período em que o consumidor receberá a sua compra. E mais triste ainda é saber que a cada dia que passa a legislação estadual referida vai sendo esquecida pelos fornecedores sob os “olhos vesgos ou tapados” do Procon, órgão fiscalizador e criado para defender os nossos direitos como consumidores.

 “Comprei produtos na Dell Anno e, de acordo com o contrato, eles teriam 35 dias para realizar a instalação. Só que já passaram meses e até agora ninguém apareceu. Não sei qual os motivos dos cancelamentos dos técnicos, mas o que me preocupa é a idoneidade e a saúde financeira da empresa. Outra coisa preocupante é que tento entrar em contato, mas não consigo falar com ninguém. Nem no SAC consigo obter um retorno. Já não sei o que fazer, pois preciso das peças montadas o quanto antes.”

Fernando Tadeu C. Passos, São Paulo

RESPOSTA DA UNICASA: A Unicasa Indústria de Móveis S/A, nova razão social da Única Indústria de Móveis S/A, em contato com a loja revendedora onde o produto foi adquirido (Grupo Dmais), recebeu a informação de que a mercadoria foi entregue. Estamos à disposição para esclarecer outras dúvidas que venham a surgir.

COMENTÁRIO DA REDAÇÃO: O problema está sendo solucionado. O leitor recebeu os móveis e agora aguarda a visita do montador que está agendada.