TAM: multa por mau atendimento

Marcelo Moreira

20 de fevereiro de 2010 | 20h58

DO JORNAL DA TARDE

A TAM foi multada em R$ 1,948 milhão por descumprimento das regras de atendimento do call center: tempo de espera dos clientes além do permitido e ausênciade menu eletrônico apresentando ao consumidor as opções “reclamação” e “cancelamento”.

A multa foi aplicada pelo Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor (DPDC), do Ministério da Justiça, com base no decreto 6.253, editado no ano passado.
O tempo médio de espera superou três minutos, enquanto o decreto estabelece o prazo máximo de um minuto.

É uma autuação simples, mas bastante importante, afirmou o diretor do DPDC, Ricardo Morishita. O processo foi instaurado contra a TAM em novembro de 2009, mas o final da investigação ocorreu nesta semana com a punição da empresa.

Morishita explicou que o valor da multa foi calculado com base na condição econômica da companhia aérea, a vantagem auferida com o descumprimento do decreto e a gravidade das irregularidades.

Desde a entrada em vigor das novas regras que tratam do Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC) por telefone, a SDE já multou 12 empresas. O total das multas foi de R$ 12,508 milhões.

Além da TAM, Gol, TIM, Oi, Claro e Brasil Telecom, empresas de transporte terrestre também receberam punição pelo descumprimento das regras do call center.

Morishita diz que o número de denúncias por irregularidades no call center tem diminuído, mas ele alerta para a necessidade de o consumidor procurar seus direitos.

O consumidor não tem de desenvolver habilidades especiais para cancelar ou reclamar de um serviço.”Reclamações podem ser feitas no site do Procon (www.procon.sp.gov.br).

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.