Justiça manda convênio cobrir cirurgia de redução de estômago

Marcelo Moreira

05 de agosto de 2011 | 17h02

A Unimed de Sobral acatou decisão do juiz Fernando Antônio Medina de Lucena, do Juizado Especial Cível e Criminal (JECC) de Tianguá, do Tribunal de Justiça do Ceará (TJ-CE) que determinou à cooperativa médica autorizar cirurgia de redução de estômago para paciente portador de obesidade mórbida. A operadora havia negado o procedimento médico ao paciente, que corre os riscos de sofrer infarto do miocárdio e de intensificar problemas na tireoide. Agora, o paciente já foi convocado, conforme operadora informou ao juiz.

Tudo o que sabemos sobre:

indenizaçãoUnimed

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.