Justiça impede Cinemark de exigir boleto quitado de escolas

Marcelo Moreira

12 de maio de 2009 | 23h34

A rede Cinemark está impedida de exigir boleto de pagamento, folha de frequência ou comprovante de matrícula na faculdade na apresentação da carteira estudantil que dá direito à meia entrada.

A 1ª Vara Empresarial do Rio de Janeiro concedeu liminar ao pedido do promotor Rodrigo Terra, da 2ª Promotoria de Defesa do Consumidor do Ministério Público Estadual do Rio, que alegava que a carteirinha “já atestaria a qualidade de estudante do seu portador”. A decisão vale para todo o Brasil.