Justiça diz que devedor não pode assinar contrato em branco com banco

O Superior Tribunal de Justiça decidiu que o Banco ABN AMRO Real não pode exigir a assinatura de um devedor em contrato em branco. Essa praxe bancária é considerada abusiva e fere o Código de Defesa do Consumidor. A sentença determinou ainda que o banco não faça “coação” a seus clientes devedores

Marcelo Moreira

02 de maio de 2011 | 17h02

O Superior Tribunal de Justiça decidiu que o Banco ABN AMRO Real não pode exigir a assinatura de um devedor em contrato em branco. Essa praxe bancária é considerada abusiva e fere o Código de Defesa do Consumidor. A sentença determinou ainda que o banco não faça “coação” a seus clientes devedores.

Mais conteúdo sobre:

Banco Realindenização