Justiça condena os Correios por atraso no envio de correspondência judicial

Marcelo Moreira

20 de março de 2009 | 23h14

A Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (Correios) foi condenada a
pagar indenização por danos materiais e morais devido a um atraso na entrega de encomenda via Sedex.

A decisão foi tomada pela 3ª Turma do Tribunal Regional Federal da Quarta Região (TRF4), que abrange os estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná.

A correspondência era referente a recurso junto ao STJ. Devido ao atraso na entrega da encomenda, que chegou ao destino um dia após o previsto, o autor perdeu o prazo para recorrer.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.