Justiça condena hospital por médicos 'esquecerem' agulhas em paciente

Marcelo Moreira

13 de agosto de 2008 | 15h38

O Tribunal de Justiça de Minas Gerais condenou um hospital de São João Del Rei (MG) a indenizar uma aposentada em R$ 3 mil por danos morais. A instituição foi responsável por esquecer agulhas no corpo da paciente. Um exame constatou que havia uma agulha na perna direita, outra no glúteo direito e mais uma na perna esquerda.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.