Ipem reprova produtos de higiene bucal

A “Operação Sorriso”, realizada pelo Instituto de Pesos e Medidas do Estado de São Paulo (Ipem-SP), multou 11 (12,36%) dos 89 lotes de produtos odontológicos e de higiene bucal fiscalizados apresentarem erros na quantidade em relação ao que indicava a embalagem

Marcelo Moreira

16 de setembro de 2010 | 14h00

 A “Operação Sorriso”, realizada pelo Instituto de Pesos e Medidas do Estado de São Paulo (Ipem-SP), multou  11 (12,36%) dos 89 lotes de produtos odontológicos e de higiene bucal fiscalizados apresentarem erros na quantidade em relação ao que indicava a embalagem.

Foram examinados itens como antisséptico bucal, fio dental, anti-inflamatórios líquidos e água oxigenada em São Paulo, Bauru, Campinas, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, São Carlos, São José dos Campos e São José do Rio Preto.

Na Capital, faltou uma média de 11 ml (0,73%) em cada embalagem do Antisséptico bucal Listerine (1,5 litros). Já em Campinas, o maior problema foi a falta de 35 centímetros num fio dental de flúor e menta da Colgate Total (que deveria ter 25 metros).

Tudo o que sabemos sobre:

higiene bucalIpm

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.