Ipem reprova 9% dos itens de limpeza

Marcelo Moreira

21 de abril de 2010 | 22h47

 Fiscais do Instituto de Pesos e Medidas do Estado de São Paulo (Ipem-SP) encontraram erros em nove (9,47%) dos 95 lotes de produtos de limpeza examinados durante “Operação Casa Limpa”.

Os exames foram feitos nos laboratórios do Ipem em Bauru, Campinas, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, São Carlos, São José dos Campos, São José do Rio Preto, além da capital paulista. Na Capital, os maiores problemas foram encontrados nos detergentes, polidores de metais e limpadores multiuso.

As empresas autuadas devem retirar do ponto de venda os produtos irregulares e têm dez dias para apresentação de defesa ao Ipem-SP. A partir deste prazo, a Procuradoria Jurídica do órgão define a aplicação da multa que pode variar de R$ 100 a 50 mil, dobrando na reincidência.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.