Ipem reprova 20% dos rolos de papel higiênico

Marcelo Moreira

22 Setembro 2011 | 18h00

O Instituto de Pesos e Medidas do Estado de São Paulo (Ipem-SP) reprovou 20% dos 85 lotes de papel higiênico fiscalizados nos dois dias da operação “De Olho no Rolo” – realizada anteontem e ontem. Na operação, fiscais verificam se a quantidade do produto é a mesma indicada na embalagem.

O superintendente do Ipem-SP, Fabiano Marques de Paula, afirma que o índice de reprovação é alto. “O consumidor é lesado e, neste caso, tem mais dificuldades até em suspeitar que a medida do papel está incorreta. Por isso, além do reforço na fiscalização e punição administrativa, vamos chamar o setor e abrir o diálogo para encontrar uma saída. O que não é possível permitir é que o consumidor continue sendo prejudicado”, afirma.

Mais conteúdo sobre:

Ipem-SP