Instituições ajudam a fazer declaração de imposto de renda

Marcelo Moreira

14 de março de 2009 | 20h43

PAULO DARCIE – JORNAL DA TARDE

Quem se sente perdido na hora de fazer a declaração do Imposto de Renda pode contar com universidades e associações que se propõem a ajudar, em muitos casos gratuitamente, o contribuinte a se entender com o Leão.

Nas faculdades, geralmente são alunos dos cursos de Ciências Contábeis, orientados por professores, os responsáveis por esse auxílio.

Na Universidade Cruzeiro do Sul (Unicsul), por exemplo, o programa existe há dez anos e cobre todos os passos da declaração. Segundo a coordenadora do curso, Janete Mendonça, a iniciativa alcança um público diversificado.

“Não dá para dizer que são só idosos ou pessoas de baixa renda. Muitos dos que nos procuram até têm computador, mas têm medo de errar uma coisa tão importante”, afirma.

No ano passado, os alunos enviaram 200 declarações nas três unidades que participaram do programa. Este ano, serão quatro unidades da Unicsul prestando o atendimento, o que deve elevar o número de documentos entregues ao Fisco com auxílio da instituição. “A procura é grande. O programa é legal para o pessoal que recebe a ajuda e também para os estudantes.”

De acordo com o professor Manoel Luiz Lopes, responsável por tirar as dúvidas dos membros da Associação dos Aposentados da Fundação Cesp (AAFC),– o serviço é exclusivo para associados e se limita a esclarecer dúvidas – as questões mais comuns são sobre o que pode ser deduzido e como declarar dependentes. “O pessoal não está familiarizado com o vocabulário e muitos nem querem aprender, pedem que eu faça a declaração para eles”, afirma.

A pesar de ainda assustar muita gente, o convívio com o Leão tem ficado mais fácil, diz a gerente contábil Heloísa Harumi Motoki, da Confirp. “O informe de rendimento vem todo explicado, o programa para enviar a declaração é simples e não é preciso ser um grande entendedor do assunto para declarar sem erros”, diz ela.

Na dúvida, Heloísa sugere que o contribuinte recorra a alguém que entenda. “É melhor do que mandar a declaração errada e ter surpresas”, afirma se referindo ao risco de ter o IR preso na malha fina.

A própria Receita Federal mantém pontos de atendimento para dúvidas. Em São Paulo o plantão fiscal funciona na Rua Augusta, 1.582, das 7h às 19h.

ONDE BUSCAR AJUDA

  • ASSOCIAÇÃO DOS APOSENTADOS DA FUNDAÇÃO CESP
  • Gratuito, só para associados
    Quando: de 16 de março a 30 de abril, às segundas, terças e
    quintas-feiras, das 13h às 17h
    Local: Av. Angélica, 2.565, 15º andar – Santa Cecília
    Fones: (11) 3217-5717 e 0800-163-670

  • UNIVERSIDADE CRUZEIRO DO SUL
  • Agendar e levar 1 quilo de alimento não perecível
    Quando: 4 de abril – campus Liberdade – Av. Galvão Bueno, 868
    18 de abril – campus Anália Franco – Av. Regente Feijó, 1.295
    23 de abril – campus Pinheiros – Rua Butantã, 285
    25 de abril no campus São Miguel – Av Dr. Ussiel Cirilo, 225.
    Fones: 2037-5768 e 2037-5770

  • UNINOVE
  • Com hora marcada, levar 1 quilo de alimento não perecível.
    Quando: de 14 de março a 29 de abril. Às 3ªs e 5ªs, das 14h às 18h, sábados, das 8h às 17h.
    Onde: Campus Memorial -Av.Adolfo Pinto, 109
    Fone (11) 3665-9785 / 9786
    Campus Vila Maria
    Rua Guaranésia, 425
    Fone (11) 2633-9175
    Campus Vergueiro – Rua Vergueiro, 235/249
    Fone (11) 3385-9218 / 9156
    Campus Santo Amaro
    Rua Amador Bueno, 389/491, Fone (11) 5546-9119

  • UNG
  • Para rendas abaixo de R$ 60 mil por ano, gratuito
    Onde: Campus Guarulhos – Av. Anton Phillips, 1, Vila Virgínia. Quando: 4, 18 e 25 de abril
    Campus Itaquá – Rua Uberaba, 251, Vila Virgínia. Dia 25 de abril
    Horário: das 10h às 17h

  • UNICID
  • Taxa de R$ 5 por declaração
    Onde: Rua Cesário Galeno, 475, Tatuapé
    Quando: de 1º a 29 de abril, às 2ªs a 6ªs, das 18h às 19h; sábados, das 9h às 12h
    Fone: 2178-1331

  • CENTRO DO PROFESSORADO PAULISTA
  • Serviço gratuito, só para professores
    Onde: Av. Liberdade, 928
    Quando: a partir de 11 de março, das 9h às 12h, e das 13h às17h

    Comentários

    Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.