Informação errada rende indenização

Uma consumidora deverá ser indenizada pelas empresas TBA do Brasil e Laboratório Tarajú Alimentos e Cosméticos. Ela foi induzida a comprar produtos que prometiam emagrecimento sem restrições, mas que, para fazerem efeito, dependiam de dieta hipocalórica

Marcelo Moreira

17 de setembro de 2010 | 17h00

Uma consumidora deverá ser indenizada pelas empresas TBA do Brasil e Laboratório Tarajú Alimentos e Cosméticos. Ela foi induzida a comprar produtos que prometiam emagrecimento sem restrições, mas que, para fazerem efeito, dependiam de dieta hipocalórica. A sentença é do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.