Inadimplência volta a subir após sete meses

Indicador Serasa Experian mostra alta de 1,9% em maio na comparação com o mesmo mês no ano passado e de 4,3% na comparação mensal. Economistas apontam relação com o crescimento acelerado do endividamento nos últimos trimestres

Marcelo Moreira

10 de junho de 2010 | 23h00

Após sete quedas consecutivas, a inadimplência do consumidor registrou a primeira alta: 1,9% em maio na comparação com o mesmo mês do ano passado. É a primeira alta na comparação anual desde outubro de 2009. O Indicador Serasa Experian também mostra crescimento na comparação mensal – entre abril e maio houve alta de 4,3%.

Segundo os economistas da Serasa Experian, a alta está relacionada com o crescimento acelerado do endividamento dos consumidores ao longo dos últimos trimestres. No entanto, mesmo com a inadimplência voltando a subir, em decorrência do maior endividamento e das taxas de juros crescentes, as boas perspectivas para o crescimento econômico em 2010, e por consequência do mercado de trabalho, devem impedir uma elevação muito acentuada dos níveis de inadimplência do consumidor durante o segundo semestre.

Os responsáveis pela maior parte do crescimento mensal da inadimplência foram as dívidas não honradas com cartões de crédito e financeiras (alta de 8,1%) e as dívidas com os bancos (crescimento de 2,5%).

Tudo o que sabemos sobre:

InadimplênciaSerasa

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: