HSBC lidera ranking de queixas em julho

Marcelo Moreira

22 de agosto de 2008 | 20h37

CAROLINA D’ALLOLIO E MARCOS BURGHI – JORNAL DA TARDE

O HSBC foi em julho, pelo quarto mês consecutivo, o banco que mais teve reclamações julgadas procedentes no ranking do Banco Central (BC). O índice que define a posição, calculado pela divisão do total de reclamações contra a instituição pelo número de clientes, foi de 7,72.
A vice-liderança foi ocupada pelo Unibanco, com índice de 5,6. Na terceira posição ficou o Real, com 4,47, em quarto o Santander, com 3,48. O Bradesco vem em quinto, com índice de 2,48.

No levantamento geral, cerca de 3,1 mil reclamações de consumidores contra bancos foram julgadas procedentes em julho, número praticamente estável em relação ao levantamento de junho, que apontou aproximadamente de 3 mil reclamações.

O item que mais teve registro de queixas foi “atendimento”, com cerca de 1,4 mil reclamações. Os bancos não comentaram o levantamento.

O BC informou, por meio de sua assessoria de imprensa, que as reclamações julgadas procedentes geram pedidos de respostas das instituições financeiras às quais os problemas estão relacionados. Ainda de acordo com o BC, o tempo médio dos bancos para se explicarem é de dez dias. O resultado pode levar o BC a realizar processos de fiscalização junto às instituições.

De acordo com Maria Inês Dolci, diretora da Associação Pro Teste, órgão de defesa do consumidor, é salutar que as pessoas reivindiquem seus direitos. Segundo ela, o setor financeiro está entre os campeões de queixas na Pro Teste.

O servidor público Mário José Prado, 41 anos, é um dos insatisfeitos com os serviços desse setor. Ele diz que em seu local de trabalho há uma máquina exclusiva para emissão de talão de cheques que não funciona desde o início do ano.

Prado conta que já reclamou no serviço telefônico, na internet e sempre o faz à gerente da agência com quem fala quando precisa solicitar a impressão de um talão de cheques. Até agora nenhuma providência foi tomada até agora.

Quem quiser reclamar ao BC pode telefonar para 0800 979 2345 ou usar o site www.bcb.gov.br, no link Serviços ao Cidadão.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.