Hotel é condenado por transtornos em lua-de-mel

Marcelo Moreira

27 de março de 2009 | 18h44

O Tribunal de Justiça de Minas Gerais condenou o hotel Constantino, da cidade de Juiz de Fora (MG), a indenizar um casal em R$ 5 mil por danos morais e mais R$ 200 por danos materiais. Os dois hóspedes sofreram uma série de transtornos durante sua lua-de-mel no estabelecimento, como falta de água quente para banho.

Tendências: