Hospital é condenado por não devolver valor de depósito antecipado

Marcelo Moreira

03 de abril de 2012 | 06h51

O Hospital São Carlos deve devolver cheque-caução no valor de R$ 2 mil, emitido para realização de procedimento cirúrgico. A decisão é da 6ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Ceará (TJ-CE).

Uma mulher teve diagnosticado cálculo renal de 8 mm de diâmetro no aparelho urinário e precisou de internação (e dois procedimentos) no Hospital São Mateus. No entanto, o hospital alegou que a Unimed Fortaleza não autorizou, pois o prazo de carência não havia sido cumprido e que a doença não tinha caráter emergencial.

Tudo o que sabemos sobre:

indenizaçãoUnimed

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: