Hackers podem atacar hoje. Cuidado!

trindadeeleni

13 de fevereiro de 2009 | 16h24

ELENI TRINDADE – JORNAL DA TARDE

Para muitas pessoas a mística da sexta-feira 13 não passa de superstição. Mas existe gente mal-intencionada que se aproveita do medo real das pessoas de ter o nome no Serasa ou de ser traído para aplicar golpes pela internet nessa data.

Por isso, a Federação Brasileira de Bancos (Febraban) alerta os consumidores a desconfiarem de certas mensagens. “Jamais se deve clicar arquivos que vêm em e-mails que têm como assunto ‘você foi traído, veja as fotos’, ‘imagens de desastre aéreo’ ou ‘seu nome está no Serasa’, pois eles têm anexos que instalam programas nocivos no computador”, destaca Wilson Antonio Salmeron Gutierrez, superintendente da Assistência Técnica da Febraban. “Outras pedem que a pessoa recadastre a senha do banco ou dizem que a pessoa está sendo convocada por tribunais, Detran ou INSS, mas nenhum banco pede recadastramento dessa forma e os órgãos não usam e-mails para se comunicar.”

Os ataques em datas como esta são comuns porque servem de marco para a ação e porque as mensagens se tornam mais convincentes, explica Cristina Sleiman, advogada especializada em direito digital. “Podem chegar, por exemplo, e-mails que prometem mostrar fatos ocorridos nesta data, o que chama a atenção das pessoas para lê-los.”

FIQUE DE OLHO

Desconfie das histórias que prometem vantagens absurdas e não clique
nos links que as acompanham

Mesmo que o remetente seja conhecido, verifique se o conteúdo do e-mail está de acordo com o perfil de conversa que você costuma ter com seu amigo

Mantenha o computador sempre com antivírus atualizado

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.