Frango com 50% de água rende indenização a consumidor

Marcelo Moreira

12 de março de 2010 | 22h53

Depois de dois anos, um lanterneiro de Juiz de Fora (MG) ganhou o direito de ser indenizado materialmente pela compra de um frango congelado com adição de água para aumentar o peso do produto. O consumidor percebeu a diferença quando descongelou o frango e notou que 50% dele era feito gelo.

Por decisão do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJ-MG), a Irmãos Bretas Filhos e Cia. Ltda e a Frango Maravilhas terão de restituir ao cliente o valor da compra, que foi de R$5,83. A decisão é da 17ª Câmara Cível do TJ-MG.

Mais conteúdo sobre:

Frango