Feira livre: escolha certo e economize

Equipe de nutricionistas percorre a zona leste até o fim do mês para orientar consumidor sobre como aproveitar melhor os produtos hortifrutigranjeiros de época para economizar até 40% nos gastos e se alimentar com mais qualidade

Marcelo Moreira

16 de junho de 2010 | 08h30

Lígia Tuon

Comprar produtos hortifrutigranjeiros na época de safra pode render uma economia de 40% no orçamento e aumentar a qualidade nutricional da alimentação. Essa é campanha que está sendo iniciada nesta semana pelo Conselho Regional de Nutricionistas da 3ª Região (CRN3) e que vai até o final do mês em feiras livres da zona leste de São Paulo.

“Vamos reforçar a importância do consumo de alimentos hortifrutigranjeiros e de acompanhar a safra destes, para que o consumidor possa aproveitar qualidade e menor preço”, afirma Solange Saavedra, gerente técnica do CRN3.

 A equipe de nutricionistas irá visitar feiras livres na Vila Carrão, Vila Ema, Vila Antonieta e no Tatuapé, das 8h às 12h, para distribuir cartilhas com a época certa para comprar frutas, legumes e verduras, maneira certa de armazená-los e receitas que ensinam como aproveitar melhor talos e folhas.

De acordo com José Torres Gonçalves, presidente do Sindicato dos Feirantes de São Paulo, conhecer o alimento beneficia também os feirantes. “Vamos vender mais se o consumidor estiver informado sobre a mercadoria de época.”

Para Maria Inês Dolci, coordenadora institucional da Associação Brasileira de Defesa do Consumidor (Pro Teste), além de se preocupar com a qualidade e sazonalidade dos alimentos, os consumidores devem ficar atentos nas feiras livres para ver se o que está pagando é realmente o que está levando. “É importante verificar o peso dos produtos na balança e, principalmente, exigir o troco em dinheiro e não aceitar alimentos no lugar”, aconselha.

Tudo o que sabemos sobre:

alimentosfeirafeiras livresnutrição

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: