Falha na entrega de fogão rende indenização

O Ponto Frio foi condenado a pagar uma indenização de R$ 2 mil, por danos morais, por não entregar um fogão. O consumidor adquiriu o eletrodoméstico e pagou o frete com a promessa de entrega, três dias depois. Porém, após dois meses, o produto não chegou a sua residência

Marcelo Moreira

15 de novembro de 2010 | 16h40

O Ponto Frio foi condenado a pagar uma indenização de R$ 2 mil, por danos morais, por não entregar um fogão. O consumidor adquiriu o eletrodoméstico e pagou o frete com a promessa de entrega, três dias depois. Porém, após dois meses, o produto não chegou a sua residência.

A decisão é do desembargador Rogerio de Oliveira Souza, da 9ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ). Para o relator, trata de bem doméstico essencial, que deixou de ser entregue em prazo razoável, acarretando frustração.

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.