Espera em agência bancária rende indenização

Marcelo Moreira

21 Setembro 2011 | 18h00

A espera por tempo além do razoável para atendimento em agência bancária viola a dignidade do consumidor. Essa foi a conclusão a que chegaram os membros da 3ª Turma Recursal do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJ-DFT), em ação indenizatória movida por correntista do Banco do Brasil. A vítima, tendo comparecido à agência às 11h, ficou na agência por cerca de quatro horas e meia e que não pôde justificar seu atraso ao trabalho – porque o banco se negou a fornecer documento que comprovasse a presença.

Mais conteúdo sobre:

Banco do Brasilindenização