Erros em produtos de festa junina

O Instituto de Pesos e Medidas do Estado de São Paulo (Ipem-SP) examinou 92 lotes de produtos consumidos em festas juninas e encontrou erros em oito (8,70%) na “Operação Pulando a Fogueira”, realizada na capital e outras sete cidades do Estado.

Marcelo Moreira

09 de junho de 2010 | 18h05

O Instituto de Pesos e Medidas do Estado de São Paulo (Ipem-SP) examinou 92 lotes de produtos consumidos em festas juninas e encontrou erros em oito (8,70%) na “Operação Pulando a Fogueira”, realizada na capital e outras sete cidades do Estado.

Fiscais examinaram produtos pré-medidos (pesados e medidos sem a presença do consumidor) como paçoca, pé-de-moleque, doce de abóbora, pipoca, bolos, biribas, bandeirolas e itens para decoração.

Em 2009, a mesma operação examinou 72 lotes de produtos e encontrou erros em seis (8,33%) deles. “Vamos preparar uma estratégia para, além de intensificar a fiscalização desses produtos, orientar os fabricantes para reduzir esses erros que geram prejuízo ao consumidor”, explica o superintendente do Ipem-SP, Fabiano Marques de Paula.

As lojas autuadas podem receber multa que vai de R$ 100 a R$ 50 mil, dobrando na reincidência.

Tudo o que sabemos sobre:

Ipemprodutos juninos

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: