Erros em formatura rendem indenização

Uma empresa de cerimonial de formatura vai indenizar formandos de turma de odontologia da PUC Minas após descumprir o contrato. A decisão do Tribunal de Justiça de Minas Gerais condenou a empresa a pagar aos estudantes R$ 20 mil em indenização por danos morais e R$ 47.597,61

Marcelo Moreira

26 de agosto de 2010 | 21h00

Uma empresa de cerimonial de formatura vai indenizar formandos de turma de odontologia da PUC Minas após descumprir o contrato. A decisão do Tribunal de Justiça de Minas Gerais condenou a empresa a pagar aos estudantes R$ 20 mil em indenização por danos morais e R$ 47.597,61.

Tudo o que sabemos sobre:

formaturaindenização

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.