Erro em exame de DNA rende indenização

Marcelo Moreira

07 de março de 2011 | 16h49

O Tribunal de Justiça de Minas Gerais condenou um laboratório a indenizar um homem que recebeu um exame de DNA com o resultado errado. Achando que os filhos de sua mulher não eram dele, o paciente entrou em conflito com a família, que decidiu refazer o exame, que então deu positivo. O consumidor receberá R$ 30 mil.

Mais conteúdo sobre:

DNAexames