Energia cortada sem explicação rende ndenização

Marcelo Moreira

23 de março de 2012 | 16h12

O Tribunal de Justiça do Ceará condenou a Companhia Energética do Ceará (Coelce) a indenizar em R$ 5 mil, um consumidor que teve a energia da sua residência suspensa. Dias antes, o cliente havia recebido um comunicado de corte. Ele ligou para a empresa para esclarecer o engano, mas foi ignorado e teve a luz cortada.

Tudo o que sabemos sobre:

indenização

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: