Empresas com menos queixas no Procon

Marcelo Moreira

22 de dezembro de 2011 | 16h43

As seis empresas que assinaram em junho de 2010 compromisso com o Procon-SP de atingir metas de redução do número de reclamações superaram o objetivo. Telefônica, Itaú Unibanco, Eletropaulo, TIM, NET e Medial Saúde, prometeram reduzir de 43.494 para 30.787 (29%) as reclamações, mas baixaram mais: para 23.853 atendimentos (45%).

Doze fornecedores que não assinaram o plano, mas se comprometeram informalmente, reduziram as demandas em 14%. Outras 14 empresas que se recusaram a fixar metas de redução aumentaram em 3% as demandas ao Procon, de 23.285 para 23.939. A empresa que teve o pior índice foi a B2W (Americanas, Submarino e Shoptime) com aumento de 258% nas reclamações, seguida pela Tenda (102%).

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.