Empresa é condenada por causa de queda de passageira

Marcelo Moreira

22 de dezembro de 2008 | 17h26

O Tribunal de Justiça de Santa Catarina condenou a Empresa Nossa Senhora da Glória Ltda. a indenizar em R$ 20 mil uma passageira por danos morais e estéticos. Segundo o processo, a passageira, deficiente visual, caiu ao tentar desembarcar do ônibus – o condutor saiu sem perceber que ela desembarcava.