Empresa de ônibus é condenada por impedir embarque de deficiente

Marcelo Moreira

25 de agosto de 2009 | 22h02

Um deficiente mental de São João Nepomuceno, na Zona da Mata mineira, vai ser indenizado em R$ 8.240 por danos morais pela Brisa Ônibus S.A. por ter sido impedido de embarcar pelo bilheteiro da empresa em um ônibus coletivo. A decisão é da 18ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJ-MG).

Tendências: