Empresa de ônibus é condenada por falta de informações aos passageiros

Marcelo Moreira

05 Fevereiro 2010 | 23h09

Uma empresa de ônibus foi condenada a pagar R$ 70 mil, por danos morais, por ter omitido da obrigação de prestar serviço de forma organizada e adequada e de prestar aos passageiros informações claras sobre os horários e o tipo de ônibus de determinado horário, o que evitaria superlotação, esperas excessivas e o pagamento de tarifas mais altas.

A ação foi movida pelo Ministério Público do Rio. O argumento foi o de que os consumidores estavam sendo prejudicados. A empresa será obrigada a fazer alterações no serviço.