Empresa de alarmes não avisa sobre arrombamento e é condenada

O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJ-RS) condenou a empresa SOS Monitoramento de Alarmes a indenizar um cliente em R$ 20 mil. A empresa deixou de comunicar à polícia sobre arrombamento no estabelecimento comercial do cliente, após recebimento de 14 ocorrências pelo seu sistema de monitoramento

Marcelo Moreira

10 de novembro de 2010 | 18h23

O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJ-RS) condenou a empresa SOS Monitoramento de Alarmes a indenizar um cliente em R$ 20 mil. A empresa deixou de comunicar à polícia sobre arrombamento no estabelecimento comercial do cliente, após recebimento de 14 ocorrências pelo seu sistema de monitoramento.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.